quinta-feira, outubro 23, 2008

Acorrentado e desejando falar de Cristo


Hoje trago um texto que julgo ser muito importante para a reflexão do verdadeiro cristão, que quer ter uma vida segundo o evangelho de Jesus Cristo. Em todos os lugares, e nas igrejas, existem pessoas que tentam demonstrar a obediência a Deus a homens. No entanto, o Senhor, que vê muito além do que os nossos olhos podem alcançar, conhece também o coração, e sabe, de fato, o quanto cada um lhe tem sido obediente e fiel. E você? O quanto tem tido Cristo à frente da sua vida? O quanto tem considerado a ordem de "ir e pregar o evangelho"? Não deixe que as oportunidades passem... Boa leitura!

Acorrentado e desejando falar de Cristo

Pastor Mauro Clark

Suplicai, ao mesmo tempo, também por nós, para que Deus nos abra porta à palavra, a fim de falarmos do mistério de Cristo... - Cl 4.3a


Paulo pede aos colossenses que orem para Deus abrir uma porta para ele falar o mistério de Cristo, ou seja, o Evangelho. Duas observações práticas:

1) Necessidade de falar sobre Cristo

Evangelizar não é simplesmente tocar em assuntos religiosos ou falar vagamente de Deus. Expor o Evangelho é falar de especificamente de Cristo. Os apóstolos invariavelmente faziam assim. Mas esta não é uma necessidade apenas de um apóstolo na época ou mesmo de pastores e pregadores atualmente. Qualquer um que teve uma experiência pessoal com Cristo, deve colocá-Lo no centro da sua pregação.
Fazer diferente é dar a impressão que não O conhece pessoalmente. E como falar de quem não conhece? Desnecessário dizer que, quanto mais você se familiarizar com Cristo, quando mais você souber da Pessoa e Obra dEle, mais rica será a sua exposição do Evangelho.

2) O crente deve aproveitar cada oportunidade para falar de Cristo
Quando falamos em oportunidade, pensamos em falar aos colegas da faculdade, do trabalho, a parentes nas reuniões de família, a estranhos no ônibus, ou em outra situações que já conhecemos bem. Mas sabe onde Paulo estava quando pediu aos irmãos que orassem para Deus lhe abrir as portas para falar de Cristo? Veja o restante do versículo 3: ... pelo qual também estou algemado. Estava preso, acorrentado! Embora não em cadeia pública, mas numa casa, ele estava atado com correntes. Por dois anos enfrentou essa situação humilhante e sofrida. E extremamente limitada, comparada com as viagens missionárias dele. Fico imaginando se não sentia "claustrofobia ministerial", preso, algemado numa casa. Mas não importa: era nesse contexto que iriam surgir oportunidades para ele falar de Cristo.

Procure se tornar perito na arte de descobrir, no dia a dia, as portas que Deus vai abrindo para você falar os mistério de Cristo - mesmo em situações as mais estranhas e improváveis, completamente diferentes das suas experiências anteriores.
E fale com gosto desse maravilhoso Salvador!

Jesus te abençoe!

Para entrar em contato, escreva para pequenamissioanaria@gmail.com


Um comentário:

Pequena disse...

COMENTÁRIO ENVIADO POR E-MAIL:

Olá, Pequena Missionária!!!!!!
Já estou ficando suspeita de falar que amei a mensagem,ne?
Mas é verdade, achei linda...
Estou precisando evangelizar mais, apesar de que eu o faço, graças a Deus, mas nunca é demais, concorda?
Ore por mim,ta?
Um beijinho.
Fatinha